Blogue Iniciado em 31 Julho de 2008

Trova Nossa

Este Blog pretende ser um espaço de informação sobre várias matérias relacionadas com a Música e o Som de uma forma geral, mas irá ter uma preocupação muito especial com a nossa música tradicional, por um lado, e, por outro, com as Músicas do Mundo.
Estará, como é óbvio, à disposição de todos os que queiram colaborar nesta tarefa de divulgar a a nossa música e enriquecer, com o seu contributo, este espaço que se pretende de partilha.

Publicidade

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Ribombar - Fim de Semana em Cabeça e Loriga


O Grupo Ribombar e um conjunto de amigos de Torres Vedras, visitataram a região da Serra da Estrela, no passado fim de semana, 30 de junho e 1 de julho. A primeira paragem foi na Freguesia da Cabeça, a 1ª ALDEIA LED de Portugal. Aqui, o grupo, depois de um almoço partilhado, no Pavilhão Multiusos cedido pela freguesia, ofereceu à população uma tarde de animação, com uma arruada e uma atuação no Largo da Malhada.
Também alguns dos elementos do Grupo ComCordas, que seguiam na comitiva participaram na animação, com os seus Cavaquinhos.





Houve, ainda tempo para visitar a Igreja de S. Romão e a "Casa do Tear", dois locais cheios de história e histórias interessantes, que nos foram contadas, com grande vivacidade e entusiasmo, pelo nosso anfitrião, o amigo José Pinto.

No fim, foi-nos oferecido um belíssimo lanche com as iguarias da região, que fizeram as delicias dos visitantes.


Depois de ter passado uma magnífica tarde na Cabeça, o grupo rumou a Loriga, onde nos esperava um compromisso... uma arruada com gigantones, para anunciar a chegada da Marcha de Loriga e da convidada, Marcha de Avô. Por volta da 21:00h, lá seguimos, "pia baixo"- como noutros tempos se dizia em Loriga- com dois feios gigantones que seguiam na frente do grupo. Percorremos as principais ruas da vila, tendo regressado ao local de inicio: a Carreira, na Av. Augusto Luiz Mendes. 



 Seguiu-se a apresentação das Marchas. A Marcha de Loriga, cujo tema deste ano, é o minério, apresentou-se em primeiro lugar. A apresentação esteve a cargo do Carlos Amaro, que se socorreu de um pequeno texto, da sua autoria para explicar o aparecimento de alguns dos elementos coreográficos, nomeadamente a bandeira britânica. A presença inglesa no tempo da II Guerra Mundial e a queda do avião da RAF - Royal Air Force, bem como a logistica que, na altura foi montada em Loriga, para a exploração do minério - Volfrâmio e Urânio, que seria usado pelos ingleses na guerra contra a Alemanha.  




Antes da atuação do Balancé da Cabeça, ainda houve tempo para apresentar em Loriga o Hino da Praia Fluvial. 

Após a atuação do grupo Balancé, a animação continuou, com DJ e Karaoke. 
Após uma noite gélida, eis que o novo dia surge com céu limpo e um sol radioso. Como esperávamos, um clima propício para a caminhada que haviamos planeado. E lá vamos então, serra acima, em direção à "Casa do Guarda", para depois derivar para a Praia Fluvial de Loriga, onde todos ansiavam chegar... os mais novos, para darem os seus mergulhos... os mais velhos para apreciaram a beleza do local. 








Uma ou outra cerejeira à beira do caminho, fizeram as delícias dos Torreenses que provaram  e gostaram, das cerejas de Loriga.
Por volta do meio dia, regressámos aos alojamentos respetivos para as últimas arrumações. Seguiu-se um excelente almoço, no Restaurante Império. Findo o almoço, ainda tempo para umas últimas compras e a viagem do regresso iniciou, já passava das três da tarde. Após um viagem calma e tranquila, apesar de um ou outro percalço, na parte final, chegámos ao destino por volta das 21:00h. 

1 comentário:

J Pinto disse...

Ficou demonstrado que muita coisa boa pode ser feita nas comunidades do interior profundo, com um pouco de imaginação e boa vontade. Esta iniciativa partiu do professor Pinto Gonçalves. Lançada a ideia, limitámo-nos a aderir e a colaborar. Obrigado, pela parte que me toca. Foi um dia em cheio. Grande abraço.

Ocorreu um erro neste dispositivo