Blogue Iniciado em 31 Julho de 2008

Trova Nossa

Este Blog pretende ser um espaço de informação sobre várias matérias relacionadas com a Música e o Som de uma forma geral, mas irá ter uma preocupação muito especial com a nossa música tradicional, por um lado, e, por outro, com as Músicas do Mundo.
Estará, como é óbvio, à disposição de todos os que queiram colaborar nesta tarefa de divulgar a a nossa música e enriquecer, com o seu contributo, este espaço que se pretende de partilha.

Publicidade

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal!...


A todos os que nos visitam desejamos um Santo e Feliz Natal, na companhia dos que nos são mais queridos.
Porém, neste Natal, como em qualquer outro dia do ano, não deveríamos esquecer ou ignorar quantos não têm Natal.
Por esta ou aquela razão as vidas de muitas famílias, deram voltas e voltas... e... algumas delas ou por questões de saúde ou de desemprego ou de abandono... vêem-se agora privadas, não só de Natal, mas do sustento do dia-a-dia.
Estamos certos de que, se nos lembrarmos que em muitas casas há "Presépios de Lata"... talvez evitemos o consumo exagerado e e o desperdício e até, quem sabe, possamos amenizar alguns natais, com a nossa solidariedade.
Aqui fica um belo tema de Rui Veloso - Presépio de Lata - para nos recordar os que têm um Natal bem diferente do nosso.


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

"ComCordas" - Actuação e Jantar de Natal

O dia 22 de Dezembro, foi de intensa actividade para o "ComCordas" - Grupo de Cavaquinhos de Torres Vedras.
Às 15,30h teve lugar a última actuação do ano de 2010, na Festa de Natal do Centro Social Paroquial de Moita dos Ferreiros, Concelho de Lourinhã.
Foi uma actuação divertida e animada, com grande participação do público que nos acompanhou com palmas, do princípio ao fim do espectáculo.
A Festa abriu com as crianças do Jardim de Infância da freguesia a representar uma História de Natal e terminou com um lanche onde artistas e público se juntaram, para comer as habituais iguarias de Natal: sonhos, filhóses, rabanadas...

Mas... O dia não terminava aqui...

À noite, no Restaurante Moinho do Paúl, teria lugar o Jantar de Natal do Grupo.
Foi um jantar muito bem servido, como é apanágio do Sr. Carlos, que sabe receber muito bem e, no final do jantar... soaram os cavaquinhos, interpretando algumas das canções do nosso repertório e outras "modas" que dele farão parte no futuro.
Entretanto, aproveitou-se a ocasião para ensaiar as Janeiras e para fazer um balanço da actividade do Grupo, com um relatório muito interessante elaborado pela secretária Profª Maria do Espírito Santo.
Fica a promessa de o publicarmos futuramente.
Dos dois eventos deixamos aqui um conjunto de fotos ilustrativas do que acima relatamos.


sábado, 18 de dezembro de 2010

Loriga- Sabores de Sempre... Em destaque no Semanário Expresso

Clique na imagem para ampliar

O Semanário Expresso, na sua edição de hoje, 18/12/2010, publica, no suplemento Azeites, uma referência ao livro, Loriga - Sabores de Sempre.
É sempre gratificante vermos que o trabalho que se vem desenvolvendo, no sentido de divulgar Loriga, as suas tradições e cultura, começa a dar frutos e os meios de comunicação, vão fazendo eco disso mesmo.
Parabéns à Confraria da Broa e do Bolo Negro de Loriga e ao "Vicente" Residencial e Restaurante, por esta magnifica iniciativa.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Fim de Semana ...Branco... em Loriga




Deslocámo-nos este fim de semana a Loriga, para participar na Inauguração da Exposição Fotográfica - Memórias com Alma, no Posto de Turismo de Seia e no Lançamento do Livro: Loriga - Sabores de Sempre, em Seia e Loriga. Iniciativas que têm a chancela da Confraria da Broa e do Bolo Negro de Loriga.




Ambas as iniciativas foram coroadas de êxito e o sucesso não foi maior porque a neve, isolou Loriga durante dois dias, facto que afastou muitos dos convidados esperados.
Mas... nestas coisas nem tudo é negativo e, a paisagem de Loriga coberta de neve, permitiu aos fotógrafos, do simples amador, ao maior dos profissionais, registos de rara beleza que só nestas ocasiões são possíveis.
Como não podia deixar de ser, também nós batemos umas "chapas"... que aqui partilhamos com os que nos visitam.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A Tristeza invade o nosso Agrupamento...

Fernando Couto Ferreira exercia funções de Direcção no Agrupamento de Escolas Pe Vitor Melícias, há perto de uma década e nos últimos 5 anos como responsável máximo, primeiro como Presidente do Conselho Executivo e, posteriormente, como Director.
Faleceu hoje, dia 1 de Dezembro de 2010.
É uma data que marcará a história deste Agrupamento...





sábado, 27 de novembro de 2010

RadioActiva - A Rádio Escolar da EBI Pe. Vitor Melícias, abriu com emissão ao vivo, Sexta Feira, 26/11


A Turma do 8ºB Com os convidados e o professor


No passado dia 26, Sexta Feira, pelas 12 horas, teve lugar a Emissão Zero da RadioActiva, Projecto de Rádio Escolar da EBI Pe Vitor Melícias.
Esta emissão contou com a presença e o apadrinhamento do Júlio Heitor, Animador de Rádio da RFM, que foi entrevistado por uma aluna, durante a emissão e pelas animadoras da Radioeste, Filipa Assis e Silvia Esteves.
Esteve, também prsente a D. Paula Ferreira, Presidente da Associação de Pais, a apadrinhar o projecto.
Esta emissão contou, para além da entrevista, com um momento de poesia, com momentos de humor, curiosidades do tipo: sabias que..., culinária e, naturalmente, música.

No âmbito da Área de Projecto, Área Crricular que lecciono à Turma do 8º B, esta tem vindo a trabalhar na concretização de um projecto de rádio, que pretende contribuir para criar laços de união entre a nossa comunidade educativa.
Assim, temos vindo a fazer pesquisas e a compilar informação sobre como fazer rádio e como divulgar mensagens e informação através deste meio.
Cada aluno já criou simulações de situações próximas da realização radiofónica, através da elaboração de um guião de 30 minutos de Rádio, tendo, inclusivamente, feito uma emissão experimental em sala de aula.

Esta emissão foi o culminar do trabalho de pesquisa e de experiências pontuais nesta área que a turma tem vindo a desenvolver desde o início do ano lectivo.
Para o futuro ficarão as emissões semanais que irão decorrer à Quinta Feira, podendo aumentar a sua frequência se outros alunos e professores se predispuserem a colaborar com a Turma do 8ºB.

Aqui ficam algumas fotos da Emissão Zero:







sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Quem Disse que a Ópera não é Popular?...

Pois bem...
Se o povo não vai à Ópera.... por que não levar a ópera ao povo?...
Eis dois belos exemplos de que a Ópera pode ser tão popular quanto outros géneros musicais...
Basta mudar o contexto e... aí está o povo a vibrar com a Ópera.
Como diria o saudoso Fernando Pessa... E esta hein!...



domingo, 21 de novembro de 2010

Tradições da Minha Terra - Brincadeiras... e Jogos ...

Há algum tempo atrás publiquei no site da Confraria de Broa e do Bolo Negro de Loriga, no sector de Curiosidades da Broa, um artigo sobre as brincadeiras que, em crianças, o milho nos proporcionava. Decidi hoje publicá-lo aqui, continuando com a divulgação das "Tradições da Minha Terra"...

As brincadeiras e os brinquedos do Milho… em Loriga

Nos idos anos 60, quando as malhadas eram todas cultivadas… quando o “girador” não “tinha mãos a medir” para que a água não faltasse em nenhum dos socalcos… quando os moinhos trabalhavam sem cessar, para dar vazão à procura de farinha… quando a broa era amassada em casa e cozida nos fornos comunitários… quando as fábricas trabalhavam de noite e de dia, empregando toda a população activa disponível… as crianças enchiam as ruas com as suas correrias e a algazarra típica de bandos de “pirralhitos” que nas suas brincadeiras alegravam todos os lugares da vila. Desde a Vista Alegre ao Terreiro do Fundo, do Porto até S. Ginês, do Vinhô à Fonte do Vale, do Reboleiro até ao Tapado era um rodopio de gente miúda sempre em movimento, num desafio constante a uma quantidade de perigos que hoje se sobrevalorizam, mas aos quais, nesse tempo se dava pouca importância.

Tempos alegres e felizes… apesar das carências materiais…

“A necessidade aguça o engenho” – diz o povo. E nesses tempos as crianças com o seu espírito inventivo, também adaptavam os seus jogos e as suas brincadeiras, com uma criatividade extraordinária, às características de cada estação do ano ou de determinadas tarefas agrícolas ou industriais.

Assim surgiram jogos como o futebol com a “bexiga do porco” o “pau de bico” o “cóque”, o “óculo” com as anilhas do fundo das canelas, a “risca” o “rendizio” os “ciclistas” com as caricas e os “caroços voadores” com o caroço da espiga do milho.

Por se tratar de uma derivação directa do milho, é sobre esta brincadeira que hoje nos debruçaremos.

De facto, quando chegava o tempo de “escanar” o milho, já a criançada se agitava, porque algumas espigas caíam e não sendo aproveitadas para outras finalidades, começavam as crianças a usá-las nas suas brincadeiras. No entanto, era depois da “debulha” que se podiam ver os céus recortados por estes autênticos helicópteros naturais.

O nosso local de predilecção era o tapado.

Aí, os meus tios, cultivavam a grande malhada do tapado e mais algumas courelas viradas para o avenal. Daí que a quantidade de milho colhido era bastante significativa.

Quando o milho estava pronto para ser debulhado, lá juntávamos o nosso bando para aproveitar o maior número possível de caroços, de preferência inteiros, já que muitos se partiam dentro da máquina. Na altura já havia umas máquinas onde se metiam as espigas num tabuleiro superior e, dando à manivela debulhava as espigas, cabendo-nos a tarefa de retirar os caroços e deixar os grãos de milho que ficavam no chão em cima de um toldo.



Mas voltando à nossa brincadeira…

Depois de termos juntado uma quantidade significativa de caroços, de calibre médio, uma vez que os grandes caíam muito depressa e os pequenos não tinham peso para subir, havia que passar à segunda fase – a das penas.

Sim, porque estes nossos helicópteros eram constituídos por um caroço de milho e várias penas de galinha, espetadas no “cu” do caroço, de forma circular para lhe permitir voar com algum equilíbrio.


Depois de construídos alguns exemplares, havia dois tipos de competição. O que na fase ascendente conseguia ganhar maior altitude e o que na fase descendente conseguia planar melhor e cuja queda era mais lenta.

Enquanto durava o fornecimento de caroços os rabos das galinhas e, também, os dos galos, não tinham descanso. Felizmente havia na época galináceos em abundância, o que permitia alimentar esta brincadeira durante um certo tempo.

Os caroços partidos e os restantes que não eram aproveitados para voar, eram, por vezes utilizados em lutas entre grupos rivais. Depois de molhados, os caroços ganhavam consistência e ficavam mais pesados. Assim, eram usados como arma de arremesso. É que, embora aleijando um pouco porque eram duros, não causavam os estragos, nem eram tão perigosos como as pedras.

Se bem que… como “quem não tem cão… caça com gato”… muitas vezes as armas eram mesmo as pedras.

Acabado o fornecimento de caroços… outra brincadeira apareceria, de acordo com a época, a estação do ano ou com a criatividade de cada grupo.

sábado, 20 de novembro de 2010

ComCordas Abre 2º Encontro de Coros Séniores de Torres Vedras

Pelo segundo ano consecutivo, a Casa da Cultura de Ponte do Rol, levou a efeito, no passado dia 14 de Novembro, pelas 15 horas, o Encontro de Coros Séniores do Concelho de Torres Vedras.
A abertura do Encontro coube ao ComCordas - Grupo de Cavaquinhos de Torres Vedras e o encerramento ao Cant'Arte - Grupo Coral da Associação Sons do Barro/Casa da Cultura de Ponte do Rol.
Momento da Actuação do ComCordas

Para ouvir, faça o download de algumas das cantigas que o ComCordas apresentou neste encontro:

Ao Romper da Bela Aurora


Bela Aurora by user7256155

Ó Minha Rosinha


Rosinha by user7256155

As Pulgas


As Pulgas by user7256155

Não Quero que Vás à Monda


Não Quero que Vás à Monda by user7256155

Trigueira de Raça


Trigueira de Raça by user7256155

Maneio


Maneio by user7256155

Momento da Actuação do Cant'Arte

Pelo meio as actuações dos outros grupos participantes: o Grupo Coral Sénior do Sobreiro Curvo, o Grupo Coral da ASAS de S. Mamede, o Grupo de Cantares "Os Conquinhas" do Lar de S. José e o Grupo Coral e Instrumental da Associação de Reformados do Concelho de Torres Vedras.
Grupo Coral Sénior do Sobreiro

Grupo Coral da ASAS de S. Mamede

Grupo de Cantares "Os Conquinhas" do Lar de S. José

Grupo Coral e Instrumental da Associação de Reformados do Concelho de Torres Vedras

O número final, decorreu com todos os grupos participantes em palco a cantar o tema "Canticorum" de Handel.

A Vereadora da Cultura e Acção Social esteve presente e enfatizou a pertinência destes eventos como forma, não só de manter activos os séniores participantes dos diversos grupos, mas também o papel importante que a Casa da Cultura desempenha, na organização dos mesmos, promovendo a cultura para todos e para todas as idades. Exortou a sua direcção a continuar neste rumo, pois é uma mais valia, enquanto parceira do Município, na promoção da cultura no Concelho.
Margarida Ralha, Presidente da Casa da Cultura, deixou a promessa do 3º Encontro no próximo ano, continuando nos subsequentes, porque, à semelhança do Encontro de Coros Infantis e Jevenis, que já vai para a 10ª Edição, são estas iniciativas que engrandecem a Freguesia de Ponte do Rol, em geral e a Casa da Cultura, em particular.
Foi uma tarde de alegre convívio, para todos os séniores das várias Associações do Concelho que aqui se deslocaram, quer como assistentes, quer como participantes.

No final foi servido um lanche partilhado no Armazém da Junta de Freguesia

Aqui ficam mais algumas fotos deste evento:



Veja um pequeno vídeo de alguns momentos da Actuação do ComCordas:

video

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Grupo " RiBombar" no Programa da Antena1 - Portugal em Directo

Na passada Sexta-Feira, 12 de Novembro, o programa Portugal em Directo, da Antena1, emitiu uma reportagem do jornalista Paulo Pinto, com o Grupo Ribombar.
"Os Novos Gaiteiros de Torres Vedras" assim se intitulava a reportagem, está disponível em Podcast, no site da RTP.
Foi lá que a encontrámos e, depois de ilustrada com algumas imagens do grupo, criámos um vídeo que colocamos no YouTube e aqui partilhamos.


domingo, 14 de novembro de 2010

RAP na Escola... Palavras para a Paz... EBI Pe Vitor Melícias apresenta novo livro de Maria Teresa Maia Gonzalez





A convite da escritora Maria Teresa Maia Gonzalez, a EBI Padre Vítor Melícias fez o lançamento do seu novo livro – O Rap na Escola –, que teve lugar no dia 6 de Novembro, na FNAC do Centro Comercial Colombo.


Este convite resultou de uma visita da escritora à escola, no passado ano lectivo, em que foram dinamizadas várias actividades (leitura, escrita, encenação, produção de adereços, criação de músicas) que resultaram num encontro muito participado e criativo e que é o reflexo do trabalho de permanente ligação à comunidade que o agrupamento de escolas Padre Vítor Melícias habitualmente desenvolve.


Foi com muito entusiasmo e empenho que os alunos dos Clubes “Som da Malta”, “Contadores de Histórias” e “Bué D`Artes” e os respectivos professores aderiram a este inédito desafio que acarretava também uma grande responsabilidade. Assim, musicaram, interpretaram e encenaram textos do novo livro - “Rap da Imaginação”, “Rap do Abraço” e “Rap da Liberdade”-, criaram o Rap da Esquadria e leram expressivamente dois textos originais, criados a partir da leitura das obras de literatura juvenil da autora.






A visível emoção e o agradecimento da escritora foram a melhor recompensa deste trabalho que contou também com a participação entusiasta dos encarregados de educação e com a indispensável organização da BECRE. Os aplausos do numeroso público presente contribuiram igualmente para reconhecer o excelente trabalho feito.






O evento terminou com a habitual sessão de autógrafos, tendo ainda a escritora oferecido marcadores personalizados, feitos manualmente por uma docente de Educação Visual da nossa escola.


Parabéns à escola pelo trabalho e pela paixão com que aderiu a mais esta iniciativa!

ProfªAna Assunção


Noite dos Chocalhos em Loriga... Cumpriu-se mais uma vez a tradição.

Mais um ano...
Mais uma Noite de S. Martinho...
Mais uma Noite dos Chocalhos, em Loriga...

Como já aqui divulgámos, em "post" anterior, esta é uma tradição antiga na Vila de Loriga...

O Blogue LorigaNet, na sua "LorigaNet News" dá-nos conta da passagem de mais um ano em que esta tradição se cumpriu da forma ruidosa com que habitualmente acontece.

sábado, 13 de novembro de 2010

Sessão Solene de Abertura do Ano Lectivo do Agrupamento de Escolas Padre Vitor Melícias...


A Casa da Cultura da Ponte do Rol esteve repleta com a comunidade escolar do Agrupamento de Escolas padre Vítor Melícias, que assinalou a abertura de mais um ano lectivo com um serão de variedades e a entrega dos diplomas de mérito aos alunos que se distinguiram no passado ano.
Abriu a Sessão, a Dra. Teresa Carmo, Adjunta do Director, que justificou a ausência deste por motivos de saúde.
Aproveitamos o ensejo para lhe desejar rápidas melhoras...
A sessão teve lugar na noite da passada sexta-feira, dia 5 de Novembro.


À hora marcada, começaram a ouvir-se os bombos e as gaitas de foles do grupo Ribombar, como que a chamar a atenção para o início do sarau. A inclusão das gaitas de foles foi uma novidade e a ocasião foi aproveitada pelo professor responsável para sensibilizar os presentes para colaborarem na aquisição de novos instrumentos.



Também a Associação de Pais da EBI padre Vítor Melícias marcou presença divulgando a sua acção, dando conselhos aos pais e angariando novos sócios.

Mas a noite era de festa e pelo palco passaram inúmeros alunos, professores e encarregados de educação com representações teatrais, música, dança e ainda vídeos que mostraram as diversas actividades, a começar pelas dos mais pequeninos que, face ao adiantado da hora, não estiveram presentes fisicamente.

Depois dos Bombos e das Gaitas de Foles, uma das imagens de marca do nosso Agrupamento, o Clube dos Contadores de Histórias, representou, com brilhantismo, a peça, "O Quadro Falador" de Margarida Fonseca Santos.



Seguiram-se as apresentações do Pré escolar, com um pequeno vídeo ilustrativo das suas actividades e do 1º Ciclo.


O 1º Ciclo esteve representado por dois grupos corais, de alunos da EBI Pe. Vitor Melícias e por um corajoso e bem ritmado grupo de dança, de Encarregados de Educação da EB1 da Maceira. Este grupo poderá servir de exemplo a outros que, certamente, não deixarão de participar em futuros eventos, provando que a participação dos pais se pode fazer de muitas e variadas formas, com o mesmo sucesso, mostrando a vitalidade da nossa comunidade educativa.

A apresentação do Desporto Escolar, teve lugar em seguida com uma bonita coreografia, representando as várias modalidades, Golfe, Natação, Andebol e Ténis de Mesa, acompanhada da apresentação de fotos das actividades.


Antes de encerrar a 1ª Parte, ainda pudemos ouvir a Margarida Antunes, uma aluna com créditos firmados nestas ocasiões, por ser detentora de uma belíssima voz e assistir a mais um pequeno vídeo que ilustrava as actividades desenvolvida pelo PES - Programa de Educação para a Saúde.

A 2ª Parte abriu com a apresentação dos Clubes Bué D'Artes e do Clube Europeu. Pelo meio, mais um vídeo a mostrar 11 anos de actividades no âmbito do Projecto Eco Escolas.




Também os nossos Cursos de Educação Formação - CEF's, não foram esquecidos e o CEF de Cozinha apresentou-nos uma demonstração da confecção de biscoitos, enquanto o CEF de Electricidade, apresentou um pequeno "sketch" em que simulava a resolução de um problema numa instalação eléctrica. Entre estas duas apresentações pudemos ouvir a Beatriz Marques, outra das alunas que, nestes eventos, nos deliciam com as suas bonitas vozes a solo.


Seguiu-se a apresentação de mais um Clube, a Companhia das Artes. E o espectáculo encerrou como havia começado, com o Clube da Música, desta vez com o Grupo Som da Malta que, em conjunto com os Contadores de Histórias, nos apresentaram três RAP's e uma representação.



Foram entregues os diplomas de mérito aos melhores alunos de cada ano. Estes destinaram-se não só a premiar o desempenho dos alunos de excelência, mas também a motivar todos os alunos a alcançarem bons resultados em mais um ano lectivo.
Lista dos alunos que foram distinguidos:

Ano/Turma

Nomes

5ºA

David Marques

5ºA

Maria Beatriz Bernardes

5ºA

Miguel Cunha

5ºB

João Avelar

6ºA

Gonçalo Passos

6ºA

Jhenison Beloni

6ºA

Marco Correia

6ºB

Margarida Antunes

6ºB

Bebiana Martins

6ºB

Carolina Francisco

6ºC

Joana Boaventura

7ºA

Patricia Moreira

7ºB

Cristiano Esteves

7ºB

Kevin Rocha

7ºB

Sara Rocha

7ºB

José Gabriel

7ºC

Daniela Rodrigues

7ºD

Pedro Avelar

8ºA

Ana Rita Andrade

8ºA

Ana Margarida Freitas

8ºB

Daniel Vitorino

9ºA

Ana Marta Cunha

9ºA

Laura Antunes

9ºA

Jessica Santos

9ºB

Pedro Teodoro

9ºB

Lucas Barros

A sessão foi ainda aproveitada para entregar certificados a um conjunto de alunos que realizou com sucesso uma exame de Francês, promovido pela Aliance Française.

Digno de registo foi o espírito familiar com que todo o serão decorreu, mostrando positivamente o trabalho desenvolvido com toda a comunidade educativa do Agrupamento de Escolas Padre Vitor Melícias.

Veja mais fotos deste evento:


Ocorreu um erro neste dispositivo