Blogue Iniciado em 31 Julho de 2008

Trova Nossa

Este Blog pretende ser um espaço de informação sobre várias matérias relacionadas com a Música e o Som de uma forma geral, mas irá ter uma preocupação muito especial com a nossa música tradicional, por um lado, e, por outro, com as Músicas do Mundo.
Estará, como é óbvio, à disposição de todos os que queiram colaborar nesta tarefa de divulgar a a nossa música e enriquecer, com o seu contributo, este espaço que se pretende de partilha.

Publicidade

Pesquisar neste blogue

sábado, 4 de julho de 2015

Grupos de Torres Vedras atuam em Loriga e Braga...

ComCordas, Ribombar e Rufos & Roncos, tinham atuações marcadas para Loriga, na Serra da Estrela, no dia 13 de junho, no âmbito das Festas de Santo António. A viagem estava marcada para as 8h, mas devido à forte chuvada que caía a essa hora, a partida foi-se atrasando, tendo partido quase uma hora depois. A viagem foi calma e o tempo foi melhorando à medida que nos aproximávamos do destino. 



Ao chegarmos a Loriga, a mesa já estava posta no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Loriga. Era o “plano B”, uma vez que o programa era um piquenique na Praia Fluvial de Loriga, com a possibilidade de uma “banhoca” antes do almoço. A essa mesa juntámos outra com os farnéis que haviam sido preparados. Embora com alguma chuva pelo meio, lá fomos visitar a Praia Fluvial, após o almoço.




 De seguida rumámos à Escola Reis Leitão, onde ficaram alojados os mais jovens, enquanto os mais velhos seguiram para os seus alojamentos. A arruada do Ribombart estava programada para as 17h.
Pela terceira vez, em 5 anos, o Ribombar animou as ruas de Loriga. Desta vez com o reforço dos Gigantones do Carnaval de Torres e com o Frei Simpático, a nossa mascot, que espalha simpatia pelos locais onde atuamos. É sempre com enorme alegria que estes jovens visitam Loriga, terra que se habituaram a gostar, não só pelos seus encantos naturais, como provam as fotos dos rostos alegres registadas na Praia Fluvial, mas sobretudo pela forma como são recebidos e pela simpatia das pessoas.



A arruada começou um pouco mais tarde que o previsto, uma vez que a ameaça de chuva pairava no ar. Mesmo assim decidimos avançar. A meio do percurso fomos surpreendidos por uma forte chuvada, que nos obrigou a interromper a arruada e abrigar-nos numa garage. Quando a chuva parou, retomámos a marcha mas na reta final do percurso nova bátega de água obrigou-nos a parar com as peles dos bombos completamente ensopadas.



À noite era vez do ComCordas - Grupo de Cavaquinhos de Torres Vedras e do Rufos & Roncos, se exibirem no palco da festa.
Apesar do pouco publico, afugentado pela chuva e pelo frio, os grupos realizaram o seu espetáculo granjeando as simpatia e os aplausos dos presentes.
Não podemos deixar de agradecer o convite à Comissão de Festas do Santo António, mas também aos Bombeiros, que disponibilizaram o seu espaço para nos receber ao almoço e à LORIPÃO, que, para além de nos oferecer pão e bolos para o pequeno almoço, ainda disponibilizou o espaço da padaria para que o bombos aí pernoitassem e assim pudessem estar secos depois da chuvada que apanharam, para podermos cumprir a nossa missão em Braga no dia seguinte.

Ribombar promove o Carnaval de Torres em Braga

Depois de um dia extenuante, com muita chuva, em Loriga, a viagem para Braga, iniciada bem cedo, foi de repouso, para recuperar o sono interrompido.
Havia pressa de chegar, já que havia uma hora marcada para  a cerimónia de receção aos grupos participantes do XXVI Encontro Internacional de Gigantones e Cabeçudos, na Câmara Municipal de Braga.



O Prof. Pinto Gonçalves, responsável pelo grupo, participou nesta cerimónia, onde os representantes dos 42 grupos participantes trocaram mensagens e lembranças. Todos os grupos receberam um saquinho com brindes alusivos ao Carnaval de Torres, cedidos pela Promotorres e folhetos de Torres Vedras, enquanto a Associação Ida e Volta, promotora do evento recebeu um livro oferecido pela Câmara Municipal de Torres Vedras e uma caixa de pasteis de feijão, oferecidos pela fábrica Coroa.
Após a cerimónia  havia alguma pressa para almoçar, uma vez que às 16h estava marcado o Grande Desfile, momento alto deste evento que vai já na sua 26ª edição e que marca o início das Festas de S. João em Braga. Trata-se de um evento que atrai à cidade de Braga largos milhares de visitantes, pelo que, a promoção que desde há dois anos vem sendo feita, pelo Ribombar, ao Carnaval de Torres, assume alguma importância, principalmente junto dos grupos estrangeiros. Este ano eram cinco os grupos espanhóis, que classificam este encontro como o maior evento ibérico, de percussões e Gigantones.





Foi mais uma jornada de aprendizagem e convívio para os nossos jovens e uma oportunidade de promoverem a sua terra através do seu desempenho artístico.

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo