Blogue Iniciado em 31 Julho de 2008

Trova Nossa

Este Blog pretende ser um espaço de informação sobre várias matérias relacionadas com a Música e o Som de uma forma geral, mas irá ter uma preocupação muito especial com a nossa música tradicional, por um lado, e, por outro, com as Músicas do Mundo.
Estará, como é óbvio, à disposição de todos os que queiram colaborar nesta tarefa de divulgar a a nossa música e enriquecer, com o seu contributo, este espaço que se pretende de partilha.

Publicidade

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Conferência "Memórias com Alma nos Cantares da Quaresma em Loriga"




Clique na imagem para ver o Flyer





É já no próximo dia 16 de Abril que reviveremos em Sacavém os rituais loriguenses da Quaresma e Semana Santa.
A este propósito, gostaria de partilhar com os que passam por este Blogue, uma breve nota sobre o Canto da Verónica. 
O Canto da Verónica é uma tradição com muitos anos em Loriga. É realizado sempre na Procissão dos Passos, na Quinta Feira Santa, participando também no Enterro do Senhor na Sexta Feira Santa. Sabemos que nos Evangelhos, não aparece mencionada esta figura da Verónica. Entre as várias mulheres que serviam Jesus, o nome dela não é referido. Pensa-se, por isso, que o nome possa exprimir sobretudo o que a mulher fez. Com efeito,segundo a tradição, no caminho para o Calvário, uma mulher passou por entre os soldados que escoltavam Jesus e, com um véu, enxugou o suor e o sangue do rosto do Senhor. Aquele rosto ficou gravado no véu: um reflexo fiel, uma verdadeira imagem, uma "vera icone". Desta expressão derivaria o nome de Verónica.
Assim, este nome, que recorda o gesto realizado pela mulher, encerra, simultaneamente, a verdade mais profunda a dela mesma. Não só o gesto como o canto, um excerto das lamentações do Profeta Jeremias

O Canto é inspirado no Canto das Lamentações de Jeremias que aqui se publica na íntegra:

O vos omnes, qui transitis per viam, attendite et videte,
si est dolor sicut dolor meus,
quem paravit mihi,
quo afflixit me Dominus
in die irae furoris sui.
(Lamentationes, Vetus Testamentum, Neo Vulgata – Bibliorum Sacrorum Editio)







Fotos de Tiago Lucas em Loriganet


Como se pode constatar, deste canto das lamentações foi extraída uma parte que, tem servido ao longo do tempo, para dar corpo a esta tradição. Em Loriga, a Verónica canta com uma melodia em que a forma Gregoriana dos "melismas" está bastante presente:

O vos omnes qui transitis per viam, attendite et videte si est dolor sicut dolor meus.
(Lam 1,12)

Traduzindo: Ó vós todos que passais pela rua, atendei (prestai atenção) e vede se há dor igual à minha dor.

As Marias (são assim chamadas as mulheres que acompanham a Verónica), respondem cantando:

Jerusalem, Jerusalem convertere ad Dominum Deum tuum

Que em português quer dizer
Jerusalem, Jerusalem, converte-te ao Senhor teu Deus

* Melismas - quando uma sílaba se prolonga no canto com uma melodia ondulante...






Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo