Blogue Iniciado em 31 Julho de 2008

Trova Nossa

Este Blog pretende ser um espaço de informação sobre várias matérias relacionadas com a Música e o Som de uma forma geral, mas irá ter uma preocupação muito especial com a nossa música tradicional, por um lado, e, por outro, com as Músicas do Mundo.
Estará, como é óbvio, à disposição de todos os que queiram colaborar nesta tarefa de divulgar a a nossa música e enriquecer, com o seu contributo, este espaço que se pretende de partilha.

Publicidade

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Instrumentos Medievais


Muitos dos instrumentos musicais que hoje usamos, são fruto de melhoramentos de alguns dos instrumentos mais antigos.
A Viola: em Portugal temos a Braguesa, a Amarantina, a Toeira, a Beiroa, a Campaniça e as Violas de Arame das Ilhas; a Guitarra: temos a de Coimbra, a de Lisboa e a chamada Clássica ou Violão, também vulgarmente conhecida por viola; as Gaitas de Foles; o Adufe e outros pandeiros...
Enfim... um sem número de instrumentos que, se olharmos para trás, verificamos, nem sempre foram como os conhecemos hoje. São fruto da evolução e da investigação dos "luthiers" (construtores de instrumentos) que ao longo dos séculos se dedicaram ao estudo da tecnologia e das matérias primas mais adequadas à construção dessas peças mágicas, que são os instrumentos musicais.
À medida que iam sendo experimentados, foram descobertas novas técnicas de construção e novos materiais.
Eis uma galeria parcial de instrumentos musicais da tradição europeia, em grande parte reproduzidos pela sabedoria e pelas mãos mágicas de Michele Sangineto.

Foi no seu site : http://www.sangineto.info/ que encontrámos estas preciosidades.

Clique nos nomes para ver as imagens maiores

Sanfona ou Viola das Cidades - Difundida na Europa no período tardio medieval.
Reproduzido por M. Sangineto



Zampona de Chave - Tem dois tubos solistas dos quais um com chave e e dois tubos de bordão, O fole é uma pele inteira de cabra.

Pandeireta Italiana - Centro e Sul de Italia, acompanha danças e rituais.

Guitarra Cítara - Italia, início de 1900

Cítara Alemã - Século XV. Reconstruída por M. Sangineto



Cítara Salsburguesa - Reconstruída por M. Sangineto

Tímpanos Medievais Europeus - Tocados a solo ou em conjunto, têm a pele esticada sobre vasos de cobre e são percutidos com baquetas (mazzuoli.)


Bodhran - Instrumento popular Irlandês tocado com uma baqueta; a membrana é solidamente adornada com motivos celtas

Zampona istriana - Dois tubos slistas muito simples O mais difuso é o que tem a secção quadrada, soa com ou sem o fole. Construído por D. Marusic.

Rebeca - Desenvolveu-se no período Medieval Europeu. Caixa periforme com três cordas de budello.
Reproduzido por M. Sangineto.


Fidula ou Viella - Usada pelos trovadores para acompanhar o canto no Século XII, século do seu aparecimento. Reproduzida por M. Sangineto

Salterio focinho de porco - Foi mais difundido na Alta Idade Média..
Reproduzido por M. Sangineto.

Cítara - Reproduzida por M. Sangineto

Salterio de arco - Foi difundido no Barroco tardio. Reproduzido por M. Sangineto

Salterio de Asa de Anjo - Instrumento difundido no período da alta Idade Média.
Reproduzido por M. Sangineto

Bouzouki - Liuto grego. Reproduzido por M. Sangineto

Bandolim Milanês - Com seis cordas e fundo arredondado, Inicio de 1900.

3 comentários:

Douglas de Almeida disse...

Muito bom, lindos os instrumentos. Precisamos de mais profissionais que estudem e reproduzam essas maravilhas.

Parabéns pelo blog, continue com o ótimo trabalho!

Jessica De Oliveira disse...

Em 1900 não estamos na Era Moderna??

Pinto Gonçalves disse...

Olá Jessica! Antes de mais obrigado pelo seu comentário!
Provavelmente não leu o texto inicial que fala do papel dos construtores no aperfeiçoamento e modificação(evolução) dos instrumentos alo longo do tempo. O BANDOLIM A QUE SE REFERE A LEGENDA é já uma consequência dessa evolução de cordofones medievais, ilustrados mais acima em modelos recuperados pelo luthier M. Sangineto.

Ocorreu um erro neste dispositivo